Dois suspeitos do atentado contra Maduro alojaram-se no Hotel Pestana

Há 25 indivíduos suspeitos de envolvimento no atentado de sábado contra o Presidente da Venezuela.
Por Lusa|10.08.18
  • partilhe
  • 0
  • +

Dois dos 25 indivíduos suspeitos de envolvimento no atentado de sábado contra o Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, estiveram alojados no Hotel Pestana, propriedade de empresários portugueses.

Segundo fontes não oficiais, os funcionários do Serviço Bolivariano de Inteligência (SEBIN, serviços secretos), que no início da semana estiveram no Hotel Pestana Caracas, identificaram dois dos suspeitos na listagem dos hóspedes e em vídeos das câmaras de segurança do hotel.

Os resultados da operação fazem parte de uma informação do Ministério Público. No Hotel Pestana, terão ficado alojados Brayan de Jesus Oropeza Ruíz, apelidado de "El Poeta", que alegadamente terá operado um dos drones (aviões não tripulados), e também Gregório José Yaguas Monge, conhecido como "El Latino".

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!