Forças Armadas declaram "irrestrita lealdade" a Nicolás Maduro

Presidente venezuelano foi alvo de um ataque este sábado.
Por Lusa|05.08.18
  • partilhe
  • 1
  • +

As Forças Armadas da Venezuela (FAV) condenaram este domingo o atentado de sábado contra o Presidente Nicolás Maduro, ao mesmo tempo que declarou "irrestrita lealdade" ao chefe de Estado.

"Manifestamos, ao povo venezuelano e ao mundo, a mais firme e categórica condenação desta cobarde ação que busca quebrar a paz e a tranquilidade da nação", lê-se num comunicado divulgado em Caracas.

O documento, lido aos jornalistas pelo ministro da Defesa, Vladimir Padrino López, explica que o atentado "constitui uma oprobriosa tentativa de magnicídio do Presidente, uma agressão à instituição castrense e a toda a coletividade".

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!