Vhils vai ser curador de novo museu de Cascais

Artista português vai ceder a sua coleção de arte privada ao novo espaço museológico.
Por Ana Maria Ribeiro|28.09.17
Vhils vai ser curador de novo museu de Cascais
As obras no novo museu deverão estar concluídas “dentro de dois ou três meses”, garante Miguel Pinto Luz Foto Direitos Reservados
O artista de arte urbana Alexandre Farto – conhecido por Vhils – entrou em acordo com a Câmara Municipal de Cascais e vai ceder a sua coleção de arte privada ao novo museu da vila. Trata-se do MARCC – Museu de Arte Urbana e Contemporânea de Cascais, que vai nascer perto da praça Dom Diogo de Menezes, e ocupar 1700 metros quadrados que estavam ao abandono.

A recuperação do espaço – até agora concessionado à marina de Cascais – vai custar "cerca de meio milhão de euros, (verbas provenientes do Turismo)" – e deverá estar concluída "dentro de dois ou três meses", conforme explicou ao Correio da Manhã o vice-presidente da autarquia, Miguel Pinto Luz.

"A coleção do Vhils – que ele foi adquirindo ao longo da carreira – integra 300 peças, do próprio e de outros artistas, e vai estar em permanência no museu, pelo menos enquanto vigorar o acordo e à semelhança do que já fazemos com a Paula Rego, na Casa das Histórias", diz. "O Vhils será o curador do museu e queremos organizar várias exposições por ano."

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!