Vitória de Guimarães age criminalmente contra Nuno Saraiva

Diretor de comunicação do Sporting realçou a impossibilidade dos vitorianos utilizarem o médio Hurtado contra o Benfica.
Por Lusa|20.04.18
  • partilhe
  • 0
  • +

O Vitória de Guimarães, da I Liga portuguesa de futebol, confirmou esta sexta-feira ter agido criminalmente contra o diretor de comunicação do Sporting, Nuno Saraiva, que realçou a impossibilidade dos vitorianos utilizarem o médio Hurtado contra o Benfica.

"Na sequência das graves declarações proferidas por Nuno Saraiva, diretor de comunicação do Sporting, na Sporting TV, e divulgadas na edição 'online' do jornal Record, que ferem a integridade do Vitoria Sport Clube nas competições em que participa, informamos que o Conselho de Administração da SAD decidiu participar criminalmente contra o referido diretor de comunicação", afirma a breve nota publicada no sítio oficial do emblema minhoto.

Ao acusar o presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, de "hipocrisia", por ter dito que queria "rivais bons e fortes" no campeonato, o responsável 'leonino' mencionou, de forma irónica, os vimaranenses como um desses rivais, por Hurtado, autor de 13 golos em 31 jogos oficiais, ter ficado indisponível para os dois jogos com o Benfica - vitórias 'encarnadas' por 3-1, em Guimarães, e por 2-0, na Luz.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!