Sub-categorias

Notícia

Adeus Fernanda Borsatti

Atriz tinha 86 anos e morreu vítima de doença prolongada.
Por Ana Maria Ribeiro|15.09.17
Trabalhar com a Fernanda Borsatti foi um dos presentes que a vida me deu", diz o escritor e encenador Tiago Torres da Silva, que dirigiu a atriz em 2002, no palco do Teatro Nacional D. Maria II, em Lisboa, na peça ‘Não Digas Nada’.

O espetáculo contava a história de uma avó recatada que, no passado, tinha sido atriz pornográfica. "Muitas atrizes recusaram o papel, mas a Borsatti disse logo que fazia. Era uma mulher destemida, de enorme inteligência e cultura, cheia de vontade de arriscar", diz ainda Tiago Torres da Silva, consternado com o anúncio, ontem, da morte da atriz, aos 86 anos, vítima de doença prolongada.

Nascida em Évora a 1 de setembro de 1931, Borsatti estreou-se no Teatro do Salitre, ainda com 16 anos, e ao longo de uma carreira cheia fez de tudo. Teatro, televisão, cinema, interpretou papéis cómicos e dramáticos, fez revista à portuguesa e colaborou com mais de dez companhias, entre as quais a do empresário Vasco Morgado.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!
Comentário mais votadoEscreva o seu comentário
  • De tomar15.09.17
    Fernanda Borsatti foi o 1º. rosto de folhetins televisivos no inicio dos anos 60, chamava-se SARA e era este o seu nome na trama. Mais tarde, a 5 de Outubro de 67, Fernanda e Nicolau foram os rostos de A MADRE ALEGRIA, uma artista completa. Paz à sua alma.
1 Comentário
  • De tomar15.09.17
    Fernanda Borsatti foi o 1º. rosto de folhetins televisivos no inicio dos anos 60, chamava-se SARA e era este o seu nome na trama. Mais tarde, a 5 de Outubro de 67, Fernanda e Nicolau foram os rostos de A MADRE ALEGRIA, uma artista completa. Paz à sua alma.
    Responder
     
     0
    !

Mais notícias

Mais notícias de Cultura

Cultura

"O Zé merece que continuemos"

"O Zé merece que continuemos"

Grupo prepara novas canções. Primeiro novo tema chega na primavera. Sete músicas ainda foram gravadas por Zé Pedro, falecido em Novembro.

pub