Sub-categorias

Notícia

Bryan Adams: fadistas portuguesas "são bonitas e sexy"

Bryan Adams, o cantor canadiano que viveu em Portugal cinco anos, fotografou cinco fadistas portuguesas.
Por Teresa Oliveira|15.10.14
  • partilhe
  • 0
  • +
Bryan Adams: fadistas portuguesas "são bonitas e sexy"
Bryan Adams posa junto dos retratos de Cuca Roseta e Ana Moura Foto Mariline Alves

Cuca Roseta, Carminho, Ana Moura, Aldina Duarte e Gisela João foram fotografadas por Bryan Adams, e essas imagens integram os 72 retratos da exposição fotográfica ‘Exposed’, patente no Centro Cultural de Cascais até 1 de fevereiro de 2015.

Encantado com a disponibilidade das fadistas portuguesas, que não hesitaram posar para a sua objetiva, o músico e fotógrafo disse ao CM que considera que "são todas muito bonitas e muito sexy" e não consegue eleger uma favorita.

Os retratos das fadistas são a preto e branco – como a maiorias das imagens expostas – mas para o cantor "elas também ficaram bem a cores".

Quanto ao fado, o cantor canadiano, que viveu cinco anos em Cascais, conhece o estilo musical e disse ao CM "que em Portugal, os jovens continuam a ouvir fado graças a fadistas" como as que retratou.

A mostra tem dois núcleos. Um dedicado a mutilados do Iraque e do Afeganistão, o outro a celebridades da música, da moda e da representação. Até José Mourinho Bryan Adams fotografou. O músico captou a imagem do treinador do Chelsea, em Londres, em 2005.

"A música é magia e a fotografia também", diz ao CM o cantor. Bryan Adams começou por pegar na câmara para documentar o dia a dia das suas digressões
e passou a ser o autor das capas dos seus discos. E há 11 anos que se dedica a esta arte. "Sou músico e fotógrafo. A fotografia é algo tão sério quanto a música. A fotografia é uma extensão da criatividade", conclui.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Cultura

pub