Idosos da Guarda em festival de Paris

A obra ‘O Lar’, documentário português realizado e produzido por António Borges Correia, foi seleccionado para a competição oficial internacional de um dos mais relevantes Festivais de Cinema Documental do Mundo – o Cinéma du Réel –, que decorrerá em Paris de 7 a 18 de Março.
27.01.08
  • partilhe
  • 0
  • +
O filme retrata “a rotina de um lar de idosos na Guarda”, explicou ao CM o realizador, que passou um ano (2007) num lar com 120 moradores. “Comprei uma câmara e fui filmar”, explica o profissional habituado à realização de trabalhos para TV e que já em 1999 fora nomeado para o Grande Prémio do Festival Internacional de Filmes do Algarve pela curta-metragem ‘Golpe de Asa’.
“Gosto de Velhos. Gosto dos rostos deles, dos ritmos, dos passados”, justifica o contador das histórias deste universo, onde “há mais gente dentro do lar do que nas aldeias à volta”.
Quanto à nomeação para o prestigiante certame, António confessa que, mais do que uma conquista, representa “uma montra para o trabalho, já que aí participam várias TV europeias”, potenciais compradoras. Há dois meses a preparar um novo filme documental, sobre o stress de guerra a partir das crónicas de um ex-furriel (José Santana), o festival de Paris acaba por ser mais uma oportunidade para o realizador provar a qualidade de um trabalho (orçado em 15 mil euros) ao qual o ICA (Instituto do Cinema e do Audiovisual) recusou subsídio.
SAIBA MAIS
1978 foi o ano da primeira edição do Festival do Réel, organizado pela Bibliothèque Publique d’information.
2001 é o ano em que o realizador português Pedro Costa vence o Prix des Bibliothèques pelo seu filme ‘No Quarto de Vanda’.
SÉRIES NA TV
‘Aqui Não Há Quem Viva’, ‘Riscos’ e a novela ‘Mundo Meu’ são alguns dos trabalhos de António Borges Correia (41 anos) que passaram na televisão.
‘GOLPE DE ASA’
Filmado em 1998 é o filme mais conhecido do realizador e venceu o Grande Prémio do Festival Internacional do Algarve, em 1999.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!