Sub-categorias

Notícia

Morabitinos de ouro vão a leilão em Lisboa

Evento terá lugar na quinta-feira, 22 de junho.
Por J. Pires Santos|20.06.17
  • partilhe
  • 0
  • +

Dois exemplares da primeira moeda de ouro portuguesa, o Morabitino, batidos no reinado de D. Sancho I (1185-1211), em praça por 37 mil euros, são a estrela do leilão da Numisma que terá lugar no Vip Grande Lisboa Hotel, na quinta-feira, 22 de junho. 

O catálogo do 110º leilão da Numisma tem mais de quinhentos lotes em praça, inicia-se pelas 10h30 com as moedas gregas e terminará com cerca de 40 lotes das moedas de ouro ‘Peça’, cunhadas no reinado de D. José I (1750-1777).

Na sessão da tarde, o destaque vai para a ‘Peça 1821’, batida no reinado de D. João VI. Trata-se de uma moeda extremamente rara, da qual são apenas conhecidos nove exemplares, e tem base de licitação de 17 500 euros.

Na ‘Peça 1821’ pode ler-se, no anverso, a inscrição D. João VI, rei de Portugal, Brasil e Algarves, título que viria a desaparecer após a independência do Brasil, em 1822, reconhecida pela coroa portuguesa em 1825.

Entre os últimos lotes em praça, destaque para duas medalhas em ouro da coleção de António de Oliveira Salazar, da autoria do escultor João da Silva. Trata-se de medalhas dedicadas às Aparições e à coroação de Nossa Senhora de Fátima, datadas respetivamente de 1946 e 1951. Vão à praça por 4 750 e 6 000 euros.   

Neste leilão de moedas da Numisma está em praça a coleção Lezírias, cuja qualidade faz antecipar boas licitações online e em sala por colecionadores e entidades institucionais. 

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Cultura

pub