Sub-categorias

Notícia

Morte de Chris Cornell deixa o grunge órfão

Cantor enforcou-se numa casa de banho, confirmou o médico legista em comunicado.
Por Pedro Rodrigues Santos|19.05.17
  • partilhe
  • 6
  • +
O universo musical foi esta quinta-feira surpreendido com o desaparecimento de um dos maiores arautos do grunge. Chris Cornell pôs termo à vida aos 52 anos, no Hotel MGM Grand Casino, em Detroit, EUA, horas depois de os seus Soundgarden terem atuado no FOX Theatre daquela cidade norte-americana.

O cantor foi encontrado inanimado por um amigo na casa de banho do hotel onde estava hospedado com uma corda à volta do pescoço. A polícia declarou o óbito no local. Mais tarde, um comunicado do médico legista de Wayne County confirmou que o músico se suicidou por enforcamento.

Chris Cornell ganhou rapidamente o estatuto de rebelde do rock ao ter sido um dos principais impulsionadores do grunge em Seattle no final da década de 80. Fundador de grupos tão notáveis como Soundgarden, Audioslave e o supergrupo Temple of the Dog, o artista teve sempre uma relação difícil com o álcool e as drogas. Todavia, as sucessivas reabilitações a que se submeteu permitiram-lhe controlar esses vícios.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Cultura

pub