Sub-categorias

Notícia

Morte de Chris Cornell deixa o grunge órfão

Cantor enforcou-se numa casa de banho, confirmou o médico legista em comunicado.
Por Pedro Rodrigues Santos|19.05.17
  • partilhe
  • 6
  • +
O universo musical foi esta quinta-feira surpreendido com o desaparecimento de um dos maiores arautos do grunge. Chris Cornell pôs termo à vida aos 52 anos, no Hotel MGM Grand Casino, em Detroit, EUA, horas depois de os seus Soundgarden terem atuado no FOX Theatre daquela cidade norte-americana.

O cantor foi encontrado inanimado por um amigo na casa de banho do hotel onde estava hospedado com uma corda à volta do pescoço. A polícia declarou o óbito no local. Mais tarde, um comunicado do médico legista de Wayne County confirmou que o músico se suicidou por enforcamento.

Chris Cornell ganhou rapidamente o estatuto de rebelde do rock ao ter sido um dos principais impulsionadores do grunge em Seattle no final da década de 80. Fundador de grupos tão notáveis como Soundgarden, Audioslave e o supergrupo Temple of the Dog, o artista teve sempre uma relação difícil com o álcool e as drogas. Todavia, as sucessivas reabilitações a que se submeteu permitiram-lhe controlar esses vícios.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Cultura

Cultura

"O Zé merece que continuemos"

"O Zé merece que continuemos"

Grupo prepara novas canções. Primeiro novo tema chega na primavera. Sete músicas ainda foram gravadas por Zé Pedro, falecido em Novembro.

pub