Sub-categorias

Notícia

“O Mundo está mesmo a precisar de tolerância”

Maria Rueff estreia-se na Companhia de Teatro de Almada com uma peça do século XVIII.
Por Ana Maria Ribeiro|04.12.17
  • partilhe
  • 0
  • +
Maria Rueff nunca tinha trabalhado com a Companhia de Teatro de Almada, mas aceitou o convite do encenador Rodrigo Francisco para ser aia de Luís Vicente na peça ‘Nathan, o Sábio’, de Lessing (1729-1781). Ao CM explicou que o texto encerra uma mensagem fundamental, que é preciso anunciar.

"A peça apela à tolerância, no sentido de entender – e aceitar – as diferenças dos outros e é disso que estamos necessitados", diz. "Tendo em conta as constantes ameaças de guerra, até a nuclear, o Mundo está mesmo a precisar de tolerância e é função dos artistas espalhar a palavra."

Em cena, a atriz dá corpo a uma mulher "de mente pouco aberta" que entra em choque com o patrão, um judeu humanista chamado Nathan (Luís Vicente). Além do prazer que lhe proporciona a oportunidade de contracenar com um ator que muito admira, Maria Rueff diz, ainda, que foi "um privilégio" ser dirigida por Rodrigo Francisco.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Cultura

pub