Sub-categorias

Notícia

Temas para os selos portugueses de 2018

CTT recebem sugestões de temas a incluir no plano de emissões filatélicas do próximo ano.
Por J. Pires Santos|20.03.17
  • partilhe
  • 3
  • +
Temas para os selos portugueses de 2018

Os Correios de Portugal recebem sugestões de temas a incluir no plano de emissões filatélicas do próximo ano.

Como é de tradição, os CTT – Correios de Portugal estão a receber sugestões para temas a incluir no plano de emissões filatélicas do ano que vem. Espera-se que as imagens prestigiem o País e a filatelia portuguesa – o que dificilmente se poderá dizer que aconteceu com duas das primeiras emissões de 2017. Refiro-me à emissão do ‘Secretário-Geral da ONU’ e ‘Lisboa – Capital Ibero-americana da Cultura’.

A emissão comemorativa da eleição de António Guterres, composta por um selo de 0,80 euros e um bloco de 2 euros, deveria ter sido lançada para coincidir com a tomada de posse do responsável como Secretário-Geral da ONU, a 1 de janeiro. Infelizmente, a emissão teve data prevista para 4 e acabou por ser vendida a meio do mês. A imagem do selo também não foi a mais feliz.

Quanto à emissão dedicada a ‘Lisboa – Capital Ibero-Americana da Cultura’, composta por quatro selos e um bloco, teve selos dedicados ao Peru, Brasil, México e a Portugal. O selo dedicado ao nosso país apresenta uma estátua frente ao Parlamento da Argentina e três emigrantes portugueses. Na pagela da emissão, escrevem os CTT que os emigrantes estão "no Terreiro do Paço, em Lisboa, à espera de embarcar".

Também no bloco da emissão que reproduz o Terreiro do Paço, em Lisboa, há um erro: na pagela vem indicado como sendo a Praça do Município. O carimbo usado no dia do lançamento da emissão (a 7 de janeiro) voltou depois a ser utilizado a 4 de março, com o mesmo motivo. Só muda a data.

Como refere o Estatuto do Selo Postal, "pela sua vastíssima disseminação, o selo, constitui um elemento precioso de cultura popular, ao mesmo tempo que, no estrangeiro, se comporta como um embaixador da arte portuguesa e ajuda a formar a imagem pública internacional do nosso país".

Os interessados em enviar sugestões de temas para incluir no cabaz de emissões filatélicas de 2018 poderão fazê-lo através da Direção de Filatelia dos CTT, Av. D. João II, 13 – 1º, 1999 001 Lisboa, ou através do e-mail: filatelia.design@ ctt.pt, até ao próximo dia 31 de março.

Pela nossa parte, deixamos aqui algumas sugestões para possíveis emissões filatélicas para o próximo ano:

- Em 1768, há 250 anos, foi criada a Real Mesa Censória e, no mesmo ano, fundada em Lisboa a Imprensa Régia;

- Há 150 anos, em 1868, começou a publicar-se o ‘Primeiro de Janeiro’ no Porto;

- Em 1918, há 100 anos, terminou a 1ª Guerra Mundial, morreu o pintor Amadeu de Souza Cardoso (2 de maio) e nasceu Vitorino de Magalhães Godinho (29 de maio). A 14 de dezembro de 1918 foi assassinado, na Estação do Rossio, o Presidente da República, Sidónio Pais.

Na foto, reproduzimos uma carta registada com o bloco comemorativo do centenário das Aparições de Fátima e obliterada com o carimbo de primeiro dia de emissão de Fátima. A emissão foi lançada a 13 de março.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Cultura

Cultura

"O Zé merece que continuemos"

"O Zé merece que continuemos"

Grupo prepara novas canções. Primeiro novo tema chega na primavera. Sete músicas ainda foram gravadas por Zé Pedro, falecido em Novembro.

pub