Sub-categorias

Notícia

Queen encheram o Altice Arena em noite de deslumbre total

Uma espécie de magia que não tem fim à vista.
Por Ana Maria Ribeiro|08.06.18
Queen encheram o Altice Arena em noite de deslumbre total
Foto Vítor Mota
Não, Adam Lambert não é Freddie Mercury, como ele próprio admite em palco. Mas também não tem de ser, e mostrou ontem, numa Altice Arena à pinha, que também chega às notas mais agudas, sem falhar o tom.

Em tournée mundial, os Queen provaram, no concerto de Lisboa, que há canções imortais e que a banda fundada em Londres há quase 50 anos tem um monte delas no baú. E do baú foram saindo ‘We Will Rock You’, ‘Another One Bites the Dust’, ‘Under Pressure’, ‘Don’t Stop me Now’... um desfile de clássicos que continuam a fazer-nos dançar.
Queen encheram o Altice Arena em noite de deslumbre total

Perante uma casa cheia, Brian May à guitarra e Roger Taylor na bateria – ambos de cabelos brancos – revelaram que energia é coisa que não lhes falta, mas a figura central do espetáculo foi, como não podia deixar de ser, Lambert, que teve oportunidade de exibir os seus inegáveis dotes vocais (é tenor) e, ao mesmo tempo, dar espetáculo com a sua figura exuberante, a sua troca de fatos, a sua presença carismática.

Não tem a força de Freddie... mas também ninguém tem. Efeitos de luz, fumos e imagens de arquivo exibidas em fundo, nada faltou para fazer uma festa completa. Com nostalgia quanto baste.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!