Rapper confessa estar envolvido na morte de Tupac Shakur

Duane Keith Davis admitiu envolvimento em entrevista para um documentário da Netflix.
04.07.18
O rapper norte-americano Duane Keith Davis confessou o seu envolvimento na morte do também rapper Tupac Shakur, em 1996, em entrevista para um documentário da Netflix.

Duane Keith, mais conhecido por Keefe D., disse ter testemunhado o homicídio de Tupac a partir do carro de onde foram disparadas as balas que mataram o rapper, referindo que agora é a única pessoa viva que pode contar a história. 

"Era o chefe do crime em Compton, na Califórnia, traficante de drogas, e eu sou o único que pode contar a história da morte de Tupac", assegurou no documentário, em declarações citadas pela revista britânica NME.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!