Sons com dor

O Theatro Circo, em Braga, acolhe no próximo sábado um espectáculo de variedade musical com os nova-iorquinos da banda Barbez, que apresenta um novo trabalho discográfico com composições originais e letras extraídas de poemas de Paul Celan, ‘o poeta do Holocausto’.

14.04.08
  • partilhe
  • 0
  • +
Sons com dor
Barbez apresenta em Braga uma grande variedade de estilos Foto d.r.

O espectáculo inclui oito temas que, ao longo de uma hora, revelam inspirações em estilos tão diversos como jazz, avant-gard, neoclássico, klezmer e post-rock, condimentadas por emotivas ‘spoken words’ da obra de Celan – reconhecido como um dos grandes poetas do século XX, nasceu em 1920 no seio de uma família judia fortemente atingida pela perseguição nazi.

Formada em 1997 por elementos provenientes de estilos tão diversos como o jazz, música clássica ou rock, Barbez – que se apresenta em Braga com o mentor da banda Dan Kaufman (guitarra e voz), Pamelia Kurstin (‘theremin’), Peter Hess (clarinetes e percussão), Andrew Jones (baixo e sampler), John Bollinger (bateria) e com um convidado especial – traz ao Pequeno Auditório a já característica colisão do cabaret do velho mundo com Schnittke e The Residents.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!