Sub-categorias

Notícia

Xutos continuam e têm novo disco e concertos

Morte de Zé Pedro não põe fim à banda. Mas ausência “pesa toneladas”.
Por Miguel Azevedo|14.01.18
A notícia que os fãs tanto esperavam chegou finalmente. Passado mais de um mês sobre a morte de Zé Pedro (a 30 de novembro do ano passado, aos 61 anos), Tim, Kalú, João Cabeleira e Gui anunciaram que os Xutos & Pontapés vão mesmo continuar.
"Não é fácil, a ausência pesa toneladas, sabemos que vai ser diferente, esperamos que seja bom. Com a ajuda de todos a gente não vai parar", afirmou a banda num texto publicado ontem no Facebook.

Para já, os Xutos prometem lançar um novo álbum até ao fim deste ano. "Temos entre mãos as músicas novas, muitas delas com a guitarra do Zé já gravada, estamos a contar com o disco de originais neste ano", refere o comunicado. Neste trabalho estão garantidos três temas gravados antes daquele que viria a ser o derradeiro concertos dos Xutos & Pontapés com Zé Pedro, no Coliseu de Lisboa, a 4 de novembro do ano passado: ‘Sementes do Impossível’, ‘Mar de Outono’ e ‘Duro’. Este último título é uma das possibilidades que tem sido pensada pela banda para o nome do álbum.

Mas, além do novo disco, os Xutos prometem também voltar aos palcos, agora numa formação mais reduzida. A banda tem recebido "alguns convites para atuações especiais de homenagem ao Zé Pedro" e "vários pedidos para concertos" que, garante, vai aceitar.
Recorde-se que, desde a morte do mítico guitarrista, os Xutos & Pontapés subiram ao palco em apenas uma ocasião: na noite de Passagem de Ano, em Albufeira. O espetáculo, que contou com uma assistência de 70 mil pessoas, foi utilizado pelos Xutos para prestar um tributo a Zé Pedro, um dos fundadores do grupo. Durante hora e meia, a formação revisitou alguns dos seus maiores êxitos, como ‘À Minha Maneira’, ‘A Minha Casinha’ ou ‘Para Sempre’.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Cultura

pub