Andebol: Benfica e Sporting iniciam 'assalto' às meias-finais

Benfica e Sporting começam este sábado a desbravar caminho para as meias-finais das provas europeias de andebol, com os ‘encarnados’ a enfrentarem na Taça das Taças uma tarefa bem mais espinhosa do que os ‘leões’ na Taça Challenge.

15.03.12
  • partilhe
  • 0
  • +
Andebol: Benfica e Sporting iniciam 'assalto' às meias-finais
O empate 22-22 entre o Benfica e o Sporting na quarta-feira, pode deixar o campeão FC Porto mais isolado na liderança do campeonato Foto Lusa

As "águias" medem forças nos quartos-de-final com os eslovenos do HC Celje Pivovarna Lasko, adversário que o treinador do Benfica, Jorge Rito, qualifica como dos mais fortes que passou ou vai passar pelo Estádio da Luz, enquanto os ‘leões’ discutem a passagem com os romenos do CSU Suceava.

"Esta equipa do Pivovarna é das equipas mais fortes que alguma vez passou ou vai passar pela Luz. O Benfica está consciente do sítio onde está. Estamos nos quartos-de-final de uma prova que é a mais importante a seguir à Liga dos Campeões, portanto não há adversários fáceis", observou Jorge Rito.

O técnico antecipava o embate com os eslovenos na conferência de imprensa após o empate 22-22 entre o Benfica e o Sporting na quarta-feira, que pode deixar o campeão FC Porto mais isolado na liderança do campeonato, rejeitando que o resultado frente ao rival lisboeta possa reflectir-se negativamente na Eslovénia.

Presente nos quartos de final da Taça EHF na época 2009/10, a equipa eslovena tem tradição na Liga dos Campeões, competição que ganhou em 2003/04, chegando nas duas épocas seguintes às meias-finais e aos quartos de final, respectivamente.

O treinador adjunto do Sporting, Frederico Santos, lembrou que a equipa ‘leonina’ também vai defrontar um adversário com passado respeitável nas taças continentais, com presença na final da Taça Challenge em 2008/09, mas advertiu que os tempos áureos do CSU Suceava parecem já ter passado.

"Esta época, estão a meio da tabela no campeonato romeno e isso é um indicador de que não estarão tão fortes como estiveram quando foram à final da Challenge. Por outro lado, temos a expectativa de voltarmos a estar nós também na final", observou Frederico Santos.

Os dois clubes procuram construir resultados que lhes permitam manter-se na corrida pelo apuramento e capitalizar a vantagem de disputarem o segundo jogo dos quartos-de-final em casa, a 24 de Março.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!