Sub-categorias

Notícia

Barbio chora na meta

Ciclista português ganha no Monte Córdova, com 1,07 m de vantagem sobre os favoritos.
Por Octávio Lopes|13.08.17
  • partilhe
  • 0
  • +
António Barbio (Efapel) venceu ontem isolado a sétima etapa da Volta a Portugal, no Santuário de Nossa Senhora da Assunção, em Santo Tirso, onde o espanhol Raúl Alarcón (W52-FC Porto) conservou a liderança.

"Para qual ciclista português é que não é [um sonho ganhar uma etapa na Volta a Portugal]? Ainda para mais com tudo o que tem acontecido à nossa equipa. Trabalhámos todo o dia para isto. Aliás, não houve uma única etapa em que não nos tenhamos esforçado para vencer", disse o corredor de 23 anos, natural de Sobral de Monte Agraço, que chorou ao cortar a meta.

Barbio chegou ao topo do Monte Córdova (2ª categoria) com 1,07 minutos de vantagem sobre o grupo de favoritos, encabeçado pelos espanhóis Gustavo Veloso (W52-FC Porto) e Vicente García de Mateos (Louletano- -Hospital de Loulé), segundo e terceiro, respetivamente, a que se seguiram o italiano Rinaldo Nocentini (Sporting-Tavira) e Alarcón. "Infelizmente, perdi seis segundos para o Veloso, que é o mais perigoso dos adversários", disse Nocentini.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Desporto

pub