Djokovic ameaça atirar bola contra árbitro português em Wimbledon

Tenista sérvio teve atitude muito pouco cordial no jogo dos quartos de final do torneio britânico.
11.07.18
Novak Djokovic, 21.º do 'ranking' mundial, venceu esta quarta-feira o japonês Kei Nishikori, nas meias-finais do torneio de ténis de Wimbledon.

Mas o encontro fica marcado por uma atitude pouco desportiva do sérvio, que ameaçou atirar uma bola à cabeça do árbitro português Carlos Ramos.

"Critérios diferentes, meu amigo, critérios diferentes", disse o tenista ao árbitro, protestando pelo facto de Nishikori não ter sido advertido por atirar uma raquete ao chão, depois de ele ter recebido uma 'reprimenda' por um gesto parecido. O público reagiu mal à atitude do sérvio, que foi vaiado no court britânico.





O antigo número um mundial bateu o nipónico por 6-3, 3-6, 6-2 e 6-2, em duas horas e 38 minutos, e assegurou a sua primeira presença nas meias-finais de um 'major' desde setembro de 2016, quando perdeu a final do US Open frente ao suíço Stan Wawrinka.

Djokovic, vencedor de 12 torneios do Grand Slam, três dos quais em Wimbledon, em 2011, 2014 e 2015, vai disputar um lugar na final frente a Rafael Nadal, que venceu Del Potro em cinco sets.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!