Federer vence o 700º encontro

Roger Federer está a apenas duas vitórias de garantir a permanência no primeiro lugar do ranking ATP, sem ter de esperar pelo desempenho da concorrência no torneio de Roland Garros. Esta sexta-feira, o suíço ganhou, por 6-4, 6-0 e 6-4, ao alemão Julian Reister (165º), e qualificou-se para os oitavos-de-final. E se Federer está próximo de bater o recorde de 286 semanas na liderança da classificação mundial, ainda na posse do norte-americano Pete Sampras, atingiu mais um marco importante na sua faustosa carreira: 700 encontros ganhos.
28.05.10
  • partilhe
  • 0
  • +
Federer vence o 700º encontro
Federer à beira de garantir manutenção do primeiro lugar Foto Reuters

Para além desse registo, que lhe permite entrar no Top 10 dos tenistas que já venceram 700 ou mais encontros na história do ténis profissional masculino, Federer também venceu o 150º encontro numa prova do Grand Slam.

O próximo adversário do helvético será o compatriota Stanislas Wawrinka (24º), frente ao qual ganhou quatro dos cinco anteriores confrontos, o mais recente há duas semanas, nos oitavos-de-final do Masters de Madrid.

Convém lembrar que Federer só será desajolado da liderança do ranking se perder antes das meias-finais em Paris e Rafael Nadal se sagrar campeão. O espanhol seguiu para a terceira ronda, após bater, por 6-2, 6-2 e 6-3, o argentino Horacio Zeballos (44º), num encontro que a chuva impediu que fosse disputado na jornada de quinta-feira.

Tetracampeão (2005/06/07/08), antes de ser afastado nos oitavos-de-final do ano passado, Nadal vai enfrentar o australiano Lleyton Hewitt (23º), levando a vantagem de 5-4 nos encontros entre ambos, com a curiosidade de ter batido o "aussie" pela última vez, há um ano, também na terceira ronda de Roland Garros.

Actual vice-campeão em Paris, o sueco Robin Soderling (7º) continua bem lançado e o apuramento para os oitavos-de-final foi conseguido à custa da vitória, por 6-4, 7-5, 2-6 e 6-3, sobre o recente bicampeão do Estoril Open, o espanhol Albert Montañes (34º).

HENIN VS. SHARAPOVA

No quadro feminino as atenções centram-se no encontro deste sábado entre a belga Justine Henin e a russa Maria Sharapova, relativo à terceira ronda. Um "duelo" entre duas ex-número um mundiais, em fase de "reabilitação" das respectivas carreiras. Henin regressou, no início deste ano, à competição, após ano e meio sabático, e já está na 23ª posição do ranking WTA. A valona, ausente das duas últimas edições, somou o 23º encontro seguido sem perder em Roland Garros, depois dos títulos alcançados em 2005/06/07. Para trás, deixou a checa Klara Zakopalova: 6-3 e 6-3. O mesmo resultado do triunfo de Sharapova (13ª) sobre a a belga Kirsten Flipkens, estando a siberiana também a recuperar o tempo perdido, devido a uma operação ao ombro direito. No passado sábado, conquistou, em Estrasburgo, o seu primeiro título na terra batida europeia.

Henin e Sharapova vão defrontar-se pela décima vez, e a belga ganhou cinco, se bem que tenha perdido o último confronto, em Janeiro de 2008, nos quartos-de-final do Open da Austrália.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!