Sub-categorias

Notícia

Jesus faz revolução na defesa

Dos dez jogadores utilizados pelo treinador no setor recuado, só o central Coates não recebeu guia de marcha.
Por Mário Pereira|13.08.17
  • partilhe
  • 1
  • +
Jesus faz revolução na defesa
Foto Pedro Ferreira
F oi como se um vendaval tivesse passado por ali, levando tudo à frente. Tudo... menos Coates. Só o internacional uruguaio se aguentou, se o termo é permitido, perante a razia operada por Jorge Jesus na defesa do Sporting. Uma transformação radical no espaço de somente um ano, feita no setor em que os treinadores mais gostam de garantir a estabilidade.

A mudança não deixa segunda leitura: para Jorge Jesus, o setor defensivo foi o principal culpado do que de mau acon-teceu na época anterior. Uma época em que, recorde-se, o Sporting ficou cedo arredado da luta pelo título, da prova europeia e até de outros objetivos tidos como menores.

Como acima se escreve, só Coates resistiu. Nenhum dos restantes nove jogadores da defesa utilizados pelo treinador na época passada se mantém no plantel (ver listas anexas). Para colmatar as baixas chegaram, como primeiras opções, jogadores experientes, com o selo de qualidade da Liga espanhola: Jérémy Mathieu (Barcelona), Fábio Coentrão (Real Madrid) e Cristiano Piccini (Bétis). Vieram ainda Ristovksi (Rijeka), André Pinto (Sp. Braga) e Jonathan Silva e Tobias Figueiredo (regressos de empréstimos). Uma revolução.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Desporto

Futebol

Leão encanta frente ao D. Chaves

Leão encanta frente ao D. Chaves

Bas Dost fez três golos e Acuña marcou dois, num jogo em que o juiz, mesmo após o recurso ao vídeo-árbitro, não assinalou um penálti.

pub