Polícia detém 19 jogadores

O internacional Domenico Criscito (Zenit) é um dos 19 jogadores italianos detidos pela polícia devido à investigação de mais um escândalo de resultados combinados para benefício de apostas e vai falhar a presença no Euro’2012.

29.05.12
  • partilhe
  • 0
  • +
Polícia detém 19 jogadores
Criscito diz-se inocente mas falha presença no Euro Foto Carlos Barria/Reuters

O lateral do Zenit foi interrogado pela polícia no local da concentração da selecção italiana, em Coverciano.

A polícia italiana deslocou-se ontem logo pela manhã ao estágio da ‘squadra azzurra’, onde interrogou Criscito no quarto sobre a sua passagem pelo Génova em 2010/2011. "Quero prestar declarações o mais rapidamente possível. Quero esclarecer tudo", disse Criscito.

Perante esta situação, o seleccionador italiano , Cesare Prandelli, e a Federação optaram por retirar o jogador dos convocados para o Europeu. Além do lateral do Zenit, a imprensa italiana revelou ainda que estão envolvidos no caso o capitão da Lázio, Stefano Mauri, e Omar Milanetto, jogador de 36 anos do Pádua. Também o nome do internacional Bonucci foi ontem avançado pela ANSA e pode seguir o mesmo caminho de Criscito.

A investigação levou a polícia à residência de Antonio Conte, actual treinador da Juventus, mas que na altura dos factos dirigia o Siena.

Depois do Calciocaos (que levou à descida de divisão da Juventus), surge agora o Calcioscommesse (deriva da palavra italiana para apostas: scommesse).

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!