Ronaldo vendido a Espanha em mentira de 1 de Abril

A edição desta sexta-feira do jornal inglês 'The Independent' dá conta da venda de Cristiano Ronaldo a Espanha pela módica quantia de 160 milhões de euros, destinados a aliviar o défice das contas públicas de Portugal. Mas a mentira de 1 de Abril foi mais longe, pois o primeiro-ministro David Cameron estaria a tentar desviar o madeirense para Inglaterra graças a uma contraproposta de 200 milhões de euros.
01.04.11
  • partilhe
  • 0
  • +
Ronaldo vendido a Espanha em mentira de 1 de Abril
Notícia do 'The Independent' garantiria que esta cena não mais seria possível Foto Carlos Barria/Reuters

Segundo a 'notícia' do 'The Independent', José Sócrates, líder do governo de gestão, acredita que os mercados internacionais iriam encarar a venda do futebolista a Espanha "como um sinal da determinação de Portugal para vencer a crise".

Para desenvolver esta mentira de 1 de Abril, o 'The Independent' recordou os casos do argentino Di Stéfano e do húngaro Puskás, que foram estrelas da selecção espanhola depois da naturalização.

No texto foi citado um suposto professor de Política Económica da Universidade de Lisboa, 'Paolo Fril', para quem a Espanha "não está a tentar salvar Portugal mas sim a restaurar a União Ibérica pela porta dos fundos".

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!