Sub-categorias

Notícia

Sindicato dos Jogadores de Futebol e FPF avançam com fundo de pensões

Joaquim Evangelista sublinhou que nada se altera no regime contributivo dos jogadores de futebol para IRS e Segurança Social.
Por Lusa|09.10.17
  • partilhe
  • 0
  • +
Os jogadores profissionais passam a ter acesso a um fundo de pensões, resgatável no final da carreira desportiva, aos 35 anos, e dedutível em metade no rendimento bruto, em termos fiscais.

A criação do fundo é uma iniciativa do Sindicato Profissional dos Jogadores de Futebol, que recebeu todo o apoio da FPF, na extensão até ao final da época 2019/20 do protocolo que une as duas entidades, esta segunda-feira assinado pelas duas partes, na Cidade do Futebol.

Fernando Gomes, presidente da FPF, classificou o novo fundo como "uma almofada que permita aos jogadores encarar o final da carreira de futebolista", prometendo apoio tanto a nível político como financeiro.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Desporto

Futebol

Leão encanta frente ao D. Chaves

Leão encanta frente ao D. Chaves

Bas Dost fez três golos e Acuña marcou dois, num jogo em que o juiz, mesmo após o recurso ao vídeo-árbitro, não assinalou um penálti.

pub