Sub-categorias

Notícia

Vitória dá milhões e relança FC Porto na Champions

Entradas de Brahimi e Corona acabaram com uma hora de equívocos.
Por Mário Pereira|19.10.16
Um golo de André Silva, apontado da marca de grande penalidade, no terceiro minuto do tempo de descontos dado pelo árbitro, permitiu esta terça-feira ao FC Porto somar a primeira vitória na fase de grupos da Liga dos Campeões e relançar por completo as aspirações da equipa na competição. Além claro, de garantir o sempre apetecido bolo de 1,5 milhões de euros que premeia quem soma três pontos.

O triunfo do FC Porto foi sofrido mas merecido. Mas apenas pelo que a equipa fez na última meia hora de jogo. Até essa altura, os comandados de Nuno Espírito Santo andaram a correr atrás de um equívoco que foi o de jogar sem a largura que as entradas de Corona e Brahimi proporcionaram.

Um erro de avaliação do treinador do FC Porto, que apostou numa equipa estreita, quase a asfixiar-se a si mesmo. O Brugge, um mediano conjunto cheio de limitações, aqui e ali a roçar até a ingenuidade, aproveitou a benesse. Entrou bem no jogo e marcou cedo, no pior período dos dragões, literalmente perdidos durante 15 minutos.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Desporto

Futebol

Rui Vitória conta com Jonas

Rui Vitória conta com Jonas

Técnico não quer prescindir do jogador brasileiro, ciente da sua importância numa fase fundamental da época.

pub