Júlio Mendes critica arbitragem do jogo com o Paços

Presidente do Vitória de Guimarães diz que arbitragem de João Capela prejudicou os vimaranenses.
13.03.16
  • partilhe
  • 0
  • +
Júlio Mendes critica arbitragem do jogo com o Paços
Júlio Mendes, treinador do Vitória de Guimarães Foto Simão Freitas
O presidente do Vitória de Guimarães considerou este domingo que o árbitro João Capela prejudicou os vimaranenses na expulsão de João Teixeira, no jogo com o Paços de Ferreira (0-1), da 26.ª jornada da I Liga de futebol.

Júlio Mendes salientou que a decisão tomada pelo juiz lisboeta, aos 45+5 minutos, ao expulsar o médio após uma entrada sobre Marco Baixinho, condicionou o resto da partida, tendo sido decisiva para o desfecho do encontro.

"Sentimos que o Vitória foi hoje claramente prejudicado. Não quero dizer que tenha existido intenção do João Capela de prejudicar quem quer que fosse. Há uma expulsão que condiciona todo o jogo. Isso desagrada-nos de forma importante", reiterou.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!