Sporting derrotado pelo Getafe (0-1)

O Sporting falhou esta sexta-feira o apuramento para a final do Troféu Colombino, em Huelva, Espanha, ao perder com o Getafe por 1-0, e vai jogar no sábado o encontro de atribuição do terceiro e quarto lugares.

03.08.12
  • partilhe
  • 0
  • +
Sporting derrotado pelo Getafe (0-1)
Foto Pedro Ferreira 

Um golo de Diego Castro, aos 59 minutos, decidiu um encontro com poucas oportunidades de golo e que mostrou um Sporting com pouca dinâmica, descoordenação defensiva e que terá de fazer melhor no sábado se quiser chegar ao terceiro posto, frente ao derrotado do jogo desta noite entre o organizador da prova, o Recreativo de Huelva, e os marroquinos do Tetouan.

Para defrontar o Getafe na abertura do Troféu Colombino, o treinador do Sporting, Sá Pinto, apostou num onze com Rui Patrício na baliza, Pereirinha, Boulahrouz, Rojo e Pranjic, na defesa, Schaars e Elias um pouco mais à frente, e Capel, Carrillo e André Martins no meio-campo, no apoio ao ponta-de-lança Van Wolfswinkel.

Sem Onyewu, Insúa e Cédric no lote de eleitos, ao contrário do que aconteceu na segunda-feira, na vitória (3-1) frente ao Saint Etiénne, o Sporting entrou pouco concentrado defensivamente e, logo no primeiro minuto, Lafita surgiu sozinho frente a Rui Patrício, mas o guarda-redes leonino evitou que o Getafe inaugurasse o marcador com uma boa defesa.

Depois de em 2006 ter ganho o troféu (que o Benfica também ergueu, em 2003), o Sporting fez uma primeira parte pouco conseguida e de fraca qualidade, mas o mesmo se pode dizer do Getafe, comandado por Luis Garcia Plaza, que pouco fez para incomodar Patrício, além da ocasião logo a abrir.

Foi preciso esperar pelo minuto 26 para o Sporting chegar pela primeira vez com perigo à baliza espanhola, num cruzamento de Pranjic para a pequena área, onde apareceu Rubio (entrou aos 22 minutos, para o lugar de Van Wolfswinkel) a não conseguir rematar na direcção do alvo.

A formação leonina entrou com um pouco mais de velocidade no segundo tempo e, aos 48 minutos, Elias atirou ligeiramente ao lado, de fora da área, mas a resposta do Getafe não tardou e, quatro minutos depois, um livre directo transformado por Pedro León obrigou Rui Patrício a aplicar-se para desviar a bola para canto.

Após o ímpeto inicial, a defesa do Sporting começou a complicar, com várias descoordenações entre Boulahrouz, Rojo e Pranjic, e uma desatenção deste último permitiu que Diego Castro ganhasse a posse de bola, entrasse na área, fintasse Patrício e inaugurasse o marcador, aos 59 minutos.

A partir do golo, o Getafe controlou o encontro e susteve as poucas investidas do Sporting, que apenas tentou chegar à baliza espanhola com remates de longe e sem direcção, que nunca colocaram perigo ao guarda-redes Moya.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!
3 Comentários
  • De Romano06.08.12
    Seria bom, que os dirigentes do sporting,se preocupassem em colocar na RR e na Antena 1 comentadores Sportinguistas,porque os que lá estão, só se lembram do sportingue, para dizer mal.
    Responder
     
     0
    !
  • De João Pires04.08.12
    A jogar assim não vamos a lado nenhum. Parecia a 1º parte da final da taça. Aquela camisola é para ser suada com entrega e o futebol tem que ter a baliza como objectivo, posse de bola é paisagem para estatística.
    Responder
     
     0
    !
  • De Rui 03.08.12
    o sporting está mesmo no bom caminho, os objectivos já começam a ser alcançados ou seja o 3º lugar.
    Responder
     
     3
    !