Patrícia Mamona queixa-se de racismo em discoteca de Lisboa

Atleta denunciou alegado caso de descriminação racial nas nas redes sociais.
14.09.18

Patrícia Mamona revelou, nas redes sociais, que foi vítima de racismo ao tentar entrar na discoteca Lux Fragil, em Lisboa, na madrugada desta sexta-feira.

A atleta partilha uma imagem da porta de entrada, afirmando que ela e o seu grupo de amigos foram impedidos de entrar por uma questão de discriminação racial.

"Quando vês pessoal a entrar de chinelos e sem convite, mas (vou ser simpática) te tratam de maneira diferente porque tu e os teus "black friends" ("amigos negros") bem vestidos não se enquadram no perfil da Lux. Triste, mas acontece...", confessa Patrícia Mamona, na legenda da fotografia publicada no Instagram.

"Não estava à espera", "extremamente triste", "desrespeito", "perfil racial", são algumas das palavras que a atleta deixa nas hashtags da publicação, que foi, no entretanto, apagada e substituída por duas outras extensas publicações em que a atleta explica o que lhe vai na alma. 

"Por favor, não aos conflitos verbais, essa não é a minha intenção. Incidentes acontecem, mas fiquei triste pela maneira como os meus colegas foram tratados, porque estando eu do lado oposto com outro segurança foi algo diferente, este reconheceu-me e falou comigo super bem e então eu perguntei-lhe porque é que estavam a fazer isso com os meus colegas (Eu não estou triste por ter sido rejeitada, porque este nem foi o caso)", começa por dizer.

"Apenas queria saber porque é que lhes fizeram isso e se era possível darem-me um argumento plausível para tal a situação. Mas é era um "Feeling". Não consegui ficar indiferente á situação e fiz o post. Quem não estava lá não sabe o que aconteceu e nem do que foi dito, e admito que posso ter sido incorreta da minha parte usar o termo "black friends"( e por isso vos peço desculpa, mas todos que lá estavam presentes perante a sucessão de acontecimentos pensaram o mesmo, eu do lado oposto a ter uma conversa tranquila com uns dos seguranças e do outro lado os meus amigos a verem carradas de pessoas a entrarem sem qualquer tipo de questionário, não lhes cobram o mesmo valor de entrada, entre outros; acreditem que eu também detesto quando as pessoas usam "racial card" como desculpa das coisas más que acontecem, sou black e penso isso até é demais; tipo ah não tenho emprego porque sou black, neps ás vezes é mesmo porque não estudaste) mas também aqueles que criticam negativamente podem estar a ser incorretos ao criticarem esta situação particular quando que nenhum vocês não estava presente", remata. 

View this post on Instagram

Part 1 Por favor, não aos conflitos verbais, essa não é a minha intenção. Incidentes acontecem, mas fiquei triste pela maneira como os meus colegas foram tratados, porque estando eu do lado oposto com outro segurança foi algo diferente, este reconheceu-me e falou comigo super bem e então eu perguntei-lhe porque é que estavam a fazer isso com os meus colegas (Eu não estou triste por ter sido rejeitada, porque este nem foi o caso). Apenas queria saber porque é que lhes fizeram isso e se era possível darem-me um argumento plausível para tal a situação. Mas é era um "Feeling". Não consegui ficar indiferente á situação e fiz o post. Quem não estava lá não sabe o que aconteceu e nem do que foi dito, e admito que posso ter sido incorreta da minha parte usar o termo "black friends"( e por isso vos peço desculpa, mas todos que lá estavam presentes perante a sucessão de acontecimentos pensaram o mesmo, eu do lado oposto a ter uma conversa tranquila com uns dos seguranças e do outro lado os meus amigos a verem carradas de pessoas a entrarem sem qualquer tipo de questionário, não lhes cobram o mesmo valor de entrada, entre outros; acreditem que eu também detesto quando as pessoas usam "racial card" como desculpa das coisas más que acontecem, sou black e penso isso até é demais; tipo ah não tenho emprego porque sou black, neps ás vezes é mesmo porque não estudaste) mas também aqueles que criticam negativamente podem estar a ser incorretos ao criticarem esta situação particular quando que nenhum vocês não estava presente. Peço desculpa a quem gosta do Lux acredito fielmente que seja um bom sítio e divertido, que tenham pessoas simpáticas livres de qualquer tipo de discriminação, porque muita gente aqui fala super bem, e foi o que nos levou a ir para lá inicialmente. Acabei apenas por exprimir o que assisti e o que estava a sentir. Há muita gente que é barrada, já percebi que que sim, mas se há, gostava apenas que houvesse um bom argumento para tal! Ter um "Feeling" (nem sei que tipo de feeling é esse) para mim não foi um bom argumento. Contudo fiquem descansados que situação foi facilmente resolvida da maneira que achamos correta, fomos embora e prontos. #movefoward

A post shared by PATRÍCIA MAMONA (@patriciamamona) on

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!