Serena Williams queixa-se de "discriminação" por fazer vários testes antidoping

Norte-americana diz que foi a tenista dos Estados Unidos mais controlada.
25.07.18
  • partilhe
  • 0
  • +
A tenista norte-americana Serena Williams voltou esta quarta-feira a queixar-se das vezes que este ano já realizou testes antidoping, destacando que está a ser alvo de "discriminação" por ser mais controlada do que qualquer outro tenista do país.

"Esta é a altura do dia em que vou fazer testes antidoping 'aleatórios' e só testam a Serena. Entre todos os tenistas, está provado que eu sou a que é mais controlada. Discriminação? Eu penso que sim. Seja como for, vou continuar a manter o desporto limpo", escreveu a norte-americana, 23 vezes campeã em torneios da categoria Grand Slam, na sua página da rede social Twitter.

A antiga número do 'ranking' WTA garantiu ainda estar "preparada" para fazer quaisquer testes, mas relembrou que, este ano, foi a mais controlada dos tenistas dos Estados Unidos.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!