EDP vai responder a nota de ilicitude da AdC e nega ter recebido sobrecompesações

AdC salientou que a adoção de uma Nota de Ilicitude não determina o resultado final desta investigação, iniciada em setembro de 2016.
03.09.18
  • partilhe
  • 0
  • +
A EDP confirmou que recebeu esta segunda-feira a nota de ilicitude da Autoridade da Concorrência (AdC), a que irá responder, e reafirmou que não beneficiou de sobrecompensações no mercado de serviços de sistema entre 2009 e 2014.

"Relativamente ao processo iniciado em setembro 2016, a EDP foi esta segunda-feira notificada da nota de ilicitude da Autoridade da Concorrência e irá analisá-la para tomar as medidas que entender necessárias nos prazos de que dispõe para o efeito", afirmou fonte oficial da EDP numa resposta escrita à agência Lusa.

A mesma fonte reafirmou que o grupo EDP, tal como constava no relatório e contas de 2017, "não beneficiou de qualquer sobrecompensação no mercado de serviços de sistema entre 2009 e 2014 e que atuou de acordo com o enquadramento legal e contratual em vigor e em obediência às regras de concorrência."

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!