ÁLCOOL ILEGAL LESA ESTADO

A Brigada Fiscal da GNR aprendeu sexta-feira, em Torres Vedras, elevada quantidade de álcool produzido sem autorização legal e sem pagamento dos respectivos impostos, uma actividade que terá lesado o Estado em dez milhões de euros, foi ontem anunciado.
15.06.02
  • partilhe
  • 0
  • +
ÁLCOOL ILEGAL LESA ESTADO
A Brigada Fiscal da GNR apreendeu 43 mil litros de álcool puro ilegal
Elementos do destacamento fiscal de Coimbra efectuaram uma busca a uma unidade de produção de Torres Vedras e apreenderam 43 mil litros de álcool, 400 mil litros de mandioca fermentada (com teor alcoólico entre cinco e seis graus), 6.500 quilos de mandioca em pó e 32 mil litros de bebidas alcoólicas a granel.


O valor da evasão fiscal ao Imposto Especial sobre o Consumo (IEC) da totalidade dos produtos ascende a 350 mil euros, mas estima-se que a fuga ao IEC resultante de todo este processo ilícito possa ascender a dez milhões de euros.


Na busca, "foi surpreendida em flagrante a actividade de produção ilícita", afirma em comunicado o comandante da Brigada Fiscal, coronel Arménio da Silva Vitória.


Os elementos do destacamento fiscal selaram as instalações onde o álcool - usado essencialmente na produção de bebidas brancas e falsificação de vinhos - era produzido ilegalmente.


Foram constituídos arguidos seis indivíduos, que ficam sujeitos a termo de identidade e residência até ao julgamento por crime de introdução fraudulenta no consumo.


Segundo revelou uma fonte da Brigada Fiscal ao CM, a actividade durava há, pelo menos, seis meses e a investigação do processo ainda não está terminada, estendendo-se a várias zonas do País.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!