Sub-categorias

Notícia

BdP "não induziu a realização de qualquer negócio" entre Santa Casa e Montepio

Governador do Banco de Portugal está a ser ouvido esta quarta-feira no Parlamento.
Por Lusa|14.02.18
  • partilhe
  • 1
  • +

O governador do Banco de Portugal (BdP), Carlos Costa, garantiu esta quarta-feira no parlamento que não induziu a realização de qualquer negócio entre a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa e o Montepio, mas mostrou-se favorável à diversificação acionista.

"O Banco de Portugal não induziu, sublinho, não induziu, realização de qualquer negócio entre a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa e o Montepio", disse o governador.

Carlos Costa está hoje a ser ouvido numa audição conjunta entre a Comissão de Trabalho e Segurança Social e a Comissão de Orçamento, Finanças e Modernização Administrativa na sequência de um requerimento apresentado pelo grupo parlamentar do CDS-PP, para "prestar todos os esclarecimentos sobre os contornos que envolvem a hipótese da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa entrar no capital da Caixa Económica Montepio Geral, S.A.".

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!