Sub-categorias

Notícia

Correia de Campos promete ser "facilitador e gerador de consensos"

Antigo ministro tomou posse como presidente do CES.
Por Lusa|19.10.16
  • partilhe
  • 0
  • +
Correia de Campos promete ser "facilitador e gerador de consensos"
O novo presidente do Conselho Económico e Social (CES), Correia de Campos Foto Hugo Rainho

O novo presidente do Conselho Económico e Social (CES), Correia de Campos, disse esta quarta-feira que será, à frente do órgão, um "facilitador e gerador de consensos", procurando sempre "resultados que façam mover o país".

Falando na Assembleia da República, onde hoje tomou posse, Correia de Campos sinalizou que o presidente do CES "é o presidente de um conselho plural", que responde sempre perante os conselheiros que têm assento no órgão e "perante os que o elegeram", os deputados.

O papel do presidente, continuou o antigo ministro socialista, passa por, "na matéria económica e social e por maioria de razão na concertação", funcionar como um "facilitador e gerador de consensos e resultados que façam mover o país".

O CES, vincou Correia de Campos, tem "exercido e demonstrado a sua capacidade crítica das políticas económicas que por lei analisa e dos seus resultados", não se coibindo de "aconselhar os governos sobre esperanças e enganos" na sua atuação.

E concretizou, ainda sobre o papel do CES: "Constitui, pela sua composição e experiência acumulada, um recurso de inestimável valor para a análise do desempenho da economia e sobretudo para abrir o conhecimento do que se prospetiva, no difícil contexto de interdependências em que vivemos, dentro e fora da Europa".

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Economia

pub