Sub-categorias

Notícia

Novo Banco corta mais de 25% das estruturas de topo

Objetivo da instituição é reduzir custos.
Por Lusa|30.11.16
  • partilhe
  • 0
  • +
Novo Banco corta mais de 25% das estruturas de topo
Novo Banco reduziu dez estruturas centrais Foto Ricardo Pereira/Sábado

O Novo Banco simplificou a estrutura da organização ao nível dos gestores de primeira linha, reduzindo dez estruturas centrais, o que corresponde a uma diminuição de 25,6% nas estruturas de topo do banco.

"O Novo Banco conclui a primeira fase dos trabalhos do Projeto de Transformação, simplificando a estrutura da organização ao nível dos gestores de primeira linha, tendo reduzido 10 estruturas centrais, e respetivos diretores coordenadores, passando das atuais 39 para 29, o que representa uma redução de 25,6% nas estruturas de topo do banco", informou em comunicado a instituição.

Segundo o Novo Banco, através desta reorganização, a entidade "passa a ser a instituição com a estrutura mais leve e eficiente do setor bancário nacional".

O banco liderado por António Ramalho especificou que "este trabalho de simplificação realizou-se em várias áreas do banco, designadamente, nas áreas de 'marketing', comerciais e recuperação de crédito".

Paralelamente, seguindo as melhores práticas de governação, o Novo Banco aprovou ainda a segregação entre a Gestão de Risco e o Controle de Risco, tendo sido criada a figura de 'Chief Risk Officer (CRO)', que ficará na dependência de membros não executivos do Conselho de Administração.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Economia

pub