Sub-categorias

Notícia

OCDE duvida de défice abaixo de 2,1% do PIB em 2017

Defende uma reforma da despesa pública, sobretudo das despesas com pessoal.
Por Lusa|28.11.16
  • partilhe
  • 0
  • +
OCDE duvida de défice abaixo de 2,1% do PIB em 2017
Foto Getty Images

A Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) duvida que Portugal consiga reduzir o défice orçamental abaixo de 2,1% do PIB em 2017, defendendo uma reforma da despesa pública, sobretudo das despesas com pessoal.

Nas previsões económicas globais divulgadas hoje, a OCDE estima que o défice orçamental português represente 2,5% do Produto Interno Bruto (PIB) este ano, em linha com a meta exigida pela Comissão Europeia, mas mostra-se mais pessimista do que o Governo para o próximo ano, ao estimar um défice de 2,1% do PIB, contra o de 1,6% previsto pelo Ministério das Finanças.

No relatório, que foi preparado pelo departamento de Estudos Económicos liderado pelo ex-ministro Álvaro Santos Pereira, a OCDE afirma que a "margem orçamental [de Portugal] é limitada e o Governo devia focar-se na composição da despesa e dos impostos para apoiar o crescimento económico".

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Economia

Economia

Vice de Angola protege procurador no BCP

Vice de Angola protege procurador no BCP

Acusação do Ministério Público revela que Orlando Figueira só continuou a exercer funções no banco porque a contratação tinha sido feita a pedido do vice-presidente de Angola.

pub