Sub-categorias

Notícia

OCDE mais pessimista que Governo

Organização estima que economia cresça 1,2% em 2017.
Por Lusa|28.11.16
  • partilhe
  • 0
  • +
OCDE mais pessimista que Governo
Foto Getty Images
A Organização para Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) está mais pessimista do que o Governo, estimando que a economia portuguesa cresça 1,2% em 2017, devido à falta de investimento, causada pela fragilidade da banca e pelo endividamento empresarial.

"Projetamos que o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) permaneça subjugado, num [crescimento] de cerca de 1,25% em 2017 e 2018. O alto endividamento das empresas e a fragilidade do setor bancário vão continuar a limitar o investimento privado e o desemprego, ainda elevado, vai limitar o crescimento do consumo", afirma a OCDE, nas previsões económicas divulgadas hoje.

A OCDE prevê que a economia portuguesa avance 1,2% em 2016, em linha com o previsto pelo Governo, mas é mais pessimista do que o executivo liderado por António Costa para os dois próximos anos, prevendo que o ritmo de crescimento se mantenha em 1,2% em 2017 e que acelere ligeiramente para 1,3% em 2018, contra 1,5% e 1,9%, respetivamente.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Economia

pub