PREÇOS DOS AUTOMÓVEIS VÃO SUBIR ATÉ 25%

Os preços dos automóveis “vão, sem dúvida, subir em Portugal entre 15 e 25 por cento.” Eis a previsão de Hipólito Pires, presidente do conselho de administração da Sociedade Hispânica de Automóveis, a propósito das alterações aprovadas ontem pela Comissão Europeia para o sector.
17.07.02
  • partilhe
  • 0
  • +
Segundo o responsável da empresa que, no nosso País, importa os veículos da marca Seat, as alterações, em vigor a partir de Outubro próximo, não trarão “nenhuma vantagem”, nem aos consumidores nem aos distribuidores. “Pelo contrário – frisou Hipólito Pires ao nosso jornal – poderá existir uma desvantagem enorme pela desresponsabilização dos concessionários na área do serviço.”

Opinião diferente tem Hélder Pedro, secretário-geral da ACAP – Associação do Comércio Automóvel de Portugal: “A ACAP concorda e está satisfeita com o novo regulamento para a distribuição automóvel.” Mas manifestou-se preocupado com o “risco para Portugal se não for alterado o imposto automóvel. Se tal não acontecer, os consumidores portugueses que comprem automóvel pagarão ainda mais.”

No âmbito das novas regras, haverá a harmonização dos preços de base (sem impostos) das viaturas nos países comunitários.

Recorde-se que, no nosso País, o preço de base dos automóveis é dos mais baixos da União Europeia. Porém, como a carga fiscal é das mais elevadas, as viaturas serão ainda mais caras se o Governo mantiver o imposto automóvel. O nosso jornal apurou que, este ano, o Executivo não altera o imposto automóvel, o qual é cerca de um terço do valor de base dos veículos.

Segundo o responsável da ACAP, as novas regras aprovadas por Bruxelas são a “consolidação do que já é o sector da distribuição, venda e reparação automóvel.” Acrescentou que a novidade consiste no adiamento para 1 de Outubro de 2005 da possibilidade de os concessionários abrirem pontos de venda em todos os países comunitários onde queiram.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!