PRESIDENTE DO METRO MONDEGO APRESENTA DEMISSÃO

Armando Pereira apresentou a sua demissão do cargo de presidente do conselho de administração da sociedade Metro Mondego, por considerar que o atraso na decisão de construir o metropolitano de superfície pode colocar em causa a viabilidade do projecto.
15.01.04
  • partilhe
  • 3
  • +
Segundo noticiou esta quinta-feira a rádio TSF, Armando Pereira, que assumiu as funções de presidente da sociedade Metro Mondego em Julho de 2001, informou ontem, ao final do dia, o conselho de administração sobre a sua decisão.
O responsável demissionário do projecto está particularmente preocupado com o facto de poder ser posto em causa o apoio financeiro do FEDER para a construção do metropolitano ligeiro do Mondego, que deverá ligar a Lousã a Coimbra.
Armando Pereira queixa-se de que não existe uma “vontade suficientemente forte” por parte das entidades que avaliam o projecto, que, segundo diz, está tecnicamente completo e em condições de ser avaliado. “Para beneficiar do FEFER era preciso maior empenho e determinação”, alega.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!