Sub-categorias

Notícia

Trabalhadores da PT prometem mais "luta" após 'nega' de Costa

António Costa decidiu não interromper o Conselho de Ministros para falar com os representantes dos trabalhadores.
10.08.17
  • partilhe
  • 0
  • +
Perto de quatro dezenas de trabalhadores e sindicalistas da PT/Meo protestaram esta quinta-feira junto ao Conselho de Ministros, em Lisboa, contra a transferência compulsiva para outras empresas e prometeram mais "luta", após o primeiro-ministro não os ter recebido.

"[António Costa] entendeu que não tinha condições para interromper o Conselho de Ministros para vir falar com os representantes dos trabalhadores. Lamentamos. A PT, pela dimensão que tem, merecia essa atenção. A luta continua, daqui a uma semana cá estaremos", disse o coordenador da comissão de trabalhadores PT/Meo, Francisco Gonçalves.

Uma comitiva das Estruturas de Representação Coletiva dos Trabalhadores (ERCT) da PT/Meo, que junta comissão de trabalhadores e uma dezena de sindicatos, entregou na secretaria-geral da Presidência do Conselho de Ministros um documento sobre a situação da operadora de telecomunicações, alertando também para cerca de 1.400 rescisões contratuais em dois anos.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Economia

pub