Mulher de Gago atacada em casa

Um grupo de assaltantes invadiu o apartamento do ministro da Ciência e Ensino Superior, Mariano Gago, na Costa do Castelo, em Lisboa. A mulher do governante estava sozinha em casa e, doente na cama, na segunda-feira de manhã, nem se apercebeu de que lhe estavam a revirar a casa toda, tendo os ladrões fugido com um casaco valioso de Mariano Gago.
15.01.09
  • partilhe
  • 0
  • +
Mulher de Gago atacada em casa
Os assaltantes terão entrado na casa de Mariano Gago através de um pátio existente nas traseiras do prédio onde vive o ministro da Ciência Foto Inácio Rosa/Lusa

O prédio não tinha a vigilância policial, que é devida a membros do Governo. O CM apurou que Mariano Gago prescindiu de policiamento ao nº 78 da Costa do Castelo, edifício onde vive com a mulher e uma filha, depois de ter protagonizado um incidente com um agente da PSP – numa altura em que era ainda ministro do Governo de António Guterres.

De resto, logo após o assalto, o comando da Divisão de Segurança a Instalações da PSP repensou o policiamento ao prédio, colocando logo um polícia em permanência à porta.

A entrada dos assaltantes no edifício ter-se-á dado pelas traseiras. Os ladrões saltaram um muro de acesso a um pátio e depois terão entrado no rés--do-chão – de acesso aos dois apartamentos do prédio, ambos propriedade de Mariano Gago. E seguiram precisamente para a casa onde o ministro de José Sócrates vive com a família.

Doente há alguns dias, a mulher de Mariano Gago estava acamada num dos quartos da residência. Desconhece-se se os assaltantes terão detectado qualquer presença em casa, tendo antes optado por entrar num dos outros quartos.

Depararam-se desde logo com o guarda-roupa do governante e não se preocuparam em causar muitos estragos. Reviraram só algumas peças de roupa e fugiram pelo sítio por onde tinham entrado com um valioso casaco de Gago.

A primeira pessoa a se aperceber do crime foi a empregada de limpeza da família, quando chegou, chamando de imediato a PSP. Uma brigada de investigação criminal recolheu todos os vestígios no local e está já a procurar os suspeitos.

PORMENORES

MINISTRO NÃO COMENTA

Questionado sobre o caso numa cerimónia no Porto, o ministro da Ciência, Mariano Gago, não prestou declarações.

PRÉDIOS COM TAIPAIS

O furto em residências é o crime mais praticado nas imediações do Castelo de São Jorge. Moradores da zona já protegeram as janelas das casas com taipais.

TRÁFICO DE DROGA

Na Costa do Castelo existe um dos maiores focos de tráfico de droga de Lisboa: a Calçada Marquês Ponte de Lima.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!