“Viemos cá para te envenenar”

PSP sentiu odor a éter na casa onde amiga de Rui Costa foi drogada antes de ser espancada.
06.12.10
  • partilhe
  • 0
  • +
“Viemos cá para te envenenar”
Sandra Rocha da Silva foi atacada dentro de casa, por vingança, na manhã de 12 de Novembro Foto Sérgio Lemos

Mal os agentes da PSP entraram em casa de Sandra Silva, depois de a amiga de Rui Costa ter sido brutalmente espancada, na Damaia, Amadora, na manha de 12 de Novembro, sentiram o intenso odor a éter com que a vítima, 36 anos, terá sido drogada. Além das agressões, os dois homens aproveitaram para passar revista ao apartamento, de onde levaram telemóveis e computadores da vítima, e para a adormecer durante alguns minutos. A prova disso é a única frase de que a hospedeira se recorda, dirigida a si por um dos homens : "Viemos cá para te envenenar."

Antes disso, assim que abriu a porta de casa à espera de receber flores, Sandra Silva foi atingida com gás-pimenta nos olhos. Só se recorda de os dois homens, com idades entre 30 e 40 anos, serem brancos e portugueses, sem sotaque na única frase que usaram para a aterrorizar.

A amiga do director do Benfica, que está entre as pessoas que a PJ vai chamar brevemente na qualidade de testemunhas, foi vítima de um crime por encomenda, num cenário de vingança. A hipótese de roubo está completamente afastada.

O facto de os agressores não terem voltado a abrir a boca durante o ataque – a vítima foi espancada a socos e pontapés – reforça o facto de terem a missão bem definida e de saberem desde o início aquilo que procuravam. Um deles descuidou-se e deixou uma impressão digital.

 

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!