Tony Carreira admite que errou no caso dos plágios

Cantor confessa plágio de cinco canções. Diz que não foge às responsabilidades, mas afirma estar a ser vítima de vingança.
Por Miguel Azevedo|18.09.17
Acusado pelo Ministério Público de plagiar 11 canções de artistas estrangeiros, Tony Carreira assume que errou e diz que não foge às suas responsabilidades.

"Nos anos 90, por falta de experiência, bebi de outros autores. Não posso negar, há aqui canções que são parecidas", começou por justificar ontem o cantor em entrevista ao ‘Jornal das 8’, da TVI, acrescentando que "há dez anos" já assumiu o plágio de cinco temas. "Errei, assumi-o e assumo-o de forma clara. Não batam mais, já chega. Errei por falta de experiência."

O cantor diz estar a ser vítima de uma perseguição pessoal por parte de Nuno Rodrigues, o administrador da Companhia Nacional de Música (CNM), entidade que apresentou a queixa ao Ministério Público. "É uma pessoa que não olha a meios e que está a tentar denegrir a minha imagem", afirmou ainda Tony Carreira, que garante não dever nada a ninguém.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!