Sub-categorias

Notícia

Aplicação de sexo grava orgasmos de utilizadores por acidente

Objetivo da 'app' é permitir o controlo de brinquedos sexuais através do telemóvel.
14.11.17

Uma empresa de brinquedos sexuais, sediada em Hong Kong, criou uma aplicação para o telemóvel, chamada Lovense Remote, que possibilita que os utilizadores controlem os brinquedos através do telemóvel. Acidentalmente, a aplicação gravava o som dos orgasmo dos usuários enquanto estes usavam um vibrador. Um dos 'clientes' da empresa reparou que tinha um ficheiro no telemóvel com os seus orgasmos gravados e fez queixa. A empresa já pediu desculpa.

Segundo os meios de comunicação britânicos, um dos utilizadores queixou-se que, quando deu permissão para a 'app' Lovense Remote aceder à câmara e ao microfone do seu telemóvel, era somente com a intenção de conseguir enviar e receber mensagens de voz. O usuário nunca pensou que a aplicação estivesse a gravar toda a sessão de masturbação.

Tudo aconteceu quando o utilizador estava a explorar a Lovense Remote e apercebeu-se que tinha uma pasta de áudio com seis minutos de gravação. Quando decidiu reproduzir o som, surpreendeu-se. Outros usuários também foram ao site da empresa queixar-se da mesma coisa, dizendo que tinham estado a ser espiados durante os momentos mais íntimos.

A empresa Lovense respondeu às queixas, afirmando que os arquivos de áudio não tinham sido enviados ou armazenados nos servidores. "Nós não armazenamos ficheiros de áudio nos nossos servidores", explicou um representante da Lovense, numa declaração enviada por email. "Para que o recurso de som funcione, temos de criar um arquivo de armazenamento local. É suposto que o ficheiro seja apagado ao fim de cada sessão, mas, devido a uma anomalia na última versão da nossa aplicação para Android, o ficheiro não foi apagado com sucesso", acrescentou.

O representante da empresa disse que o problema que está a impossibilitar a aplicação de apagar os ficheiros de áudio, vai ser resolvido e as gravações vão ser apagadas. 

pub

pub

Mais notícias

Mais notícias de Insólitos

pub