Dispara contra o marido para o obrigar a ouvir conversa

Mulher irritada por companheiro, sentado na sanita, não lhe dar atenção.
09.01.18

Uma mulher do estado norte-americano do Arizona foi detida e está acusada de tentativa de homicídio, depois de ter disparado contra o marido enquanto este estava na sanita.

Linda Jean Fahn, de 69 anos, disse às autoridades que só teve aquela atitude porque o marido não prestava atenção às suas conversas. Foi o homem que, em pânico, contactou as autoridades, para que detivessem a mulher.

"Eu só disparei duas balas contra a parede, por cima da cabeça dele. Eu só queria que ele me ouvisse", afirma a mulher, que disparou quando o marido estava sentado na sanita.

As balas ficaram cravadas na parede, a pouco mais de 10 centímetros da cabeça do homem.

pub

pub