Sub-categorias

Notícia

‘Escola de obediência’ para mulheres

China encerra curso que ensinava “valores tradicionais”.
05.12.17
‘Escola de obediência’ para mulheres
‘Escola de obediência’ para mulheres Foto Getty Images
As autoridades chinesas encerraram uma escola que ensinava as mulheres a serem "obedientes e submissas aos maridos".

Entre os "valores tradicionais" lecionados incluía-se não responder às agressões dos maridos, nunca pedir o divórcio e responder sempre "sim, é para já" a qualquer pedido do marido.

Os professores ‘ensinavam’ ainda que a mulher só pode ter três parceiros sexuais na vida.

pub

pub

Mais notícias

Mais notícias de Insólitos

pub