'Ken Humano' arrasado por ir de branco aos Globos de Ouro

Rodrigo Alves pintou o cabelo para se redimir.
10.01.18

Rodrigo Alves, o modelo brasileiro conhecido como o ‘Ken Humano’, devido às várias cirurgias estéticas a que se submeteu para ficar parecido com  famoso boneco, foi alvo de duras críticas depois de ter marcado presença nos Globos de Ouro vestido de branco.  A cerimónia deste ano ficou marcada pelo facto dos famoso presentes terem (quase) todos usado roupa de cor preta, como forma de protesto contra os abusos sexuais denunciados por várias estrelas de Hollywood.

Depois de ser duramente criticado nas redes sociais, para se redimir Rodrigo resolveu pintar o cabelo de preto.

"Pintei o meu cabelo de preto em apoio à campanha contra o abuso sexual em Hollywood e pelo facto de ter aparecido no evento vestido de branco", afirmou o modelo, que em Los Angeles se submeteu a uma cirurgia para retirar quatro costelas.

O homem, de 34 anos, assume que ao chegar aos Globos de Ouros percebeu que algo estava mal, mas garante que não foi avisado do ‘dress code’ para o evento.

"Alguns jornalistas notaram e perguntaram-me se não tinha sido avisado. E realmente não fui! Mas já estou habituado a que olhem de lado para mim. Ao menos não fui o único, porque houve mais gente que não foi vestida de preto", conta Rodrigo, adiantando que algumas celebridades falaram com ele e elogiaram o fato branco bordado que levou.

"O Justin Timberlake e o Zac Efron elogiaram o meu estilo. Conheci tantas celebridades, mas o Justin Timberlake foi a melhor pessoa com quem falei. O Zac é muito fixe e relaxado e fez-me sentir melhor por ter ido de branco. Houve ainda muitas famosas que me pediram recomendações de cirurgiões plásticos", garante o ‘Ken Humano’.

Apesar de ser sempre comparado ao namorado da boneca Barbie, Rodrigo assume que, em 2018, quer afastar-se desse rótulo. "Eu só queria quebrar o tabu das cirurgias plásticas e alertar para os riscos e benefícios que podem ter. Agora acho que já não estou assim tão parecido com o Ken e já acho estranho quando me chamam esse nome. Concordo que o Ken e a Barbie representam ideais de corpos, mas essa alcunha faz-me parecer estúpido e não me representa na totalidade. Este ano vou ter a oportunidade de mostrar ao Mundo quem sou, e sei que não sou uma cópia do Ken", finaliza Rodrigo Alves.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!