Sub-categorias

Notícia

A casa dos YouTubers

Um grupo de portugueses mudou-se para uma moradia de luxo. O filme do seu dia a dia está no YouTube
Por João Ferreira e Marta Ribeiro da Silva|16.07.17
A casa dos YouTubers
Foto D.R.

Todos juntos têm mais de 10 milhões de seguidores e todos os meses arrecadam milhares de euros com as visualizações dos seus vídeos. Os ingredientes para esta receita de sucesso são dois: rapazes munidos de câmaras para filmar tudo o que lhes passe pela cabeça e uma casa de luxo.

Desde que se instalaram na casa reforçaram ainda mais o estatuto de vedetas do YouTube, ao ponto dos fãs até já fazerem filas à porta na esperança de os ver. Quando se mudaram, há três meses, as visitas guiadas à casa alimentaram os canais destes youtubers e fizeram disparar – e nalguns casos reforçar - os respetivos índices de popularidade. São eles, Miguel Monteiro, o Ovelha ‘Nigga’, que tem mais de 400 mil seguidores e faz paródia com a sua cor, já teve vários canais e nunca imaginou que poderia ser uma celebridade no YouTube; o ‘Windoh’ que faz desafios e truques com a bola; e o rei das piadas ‘Wuant’ que tem mais de 1 milhão e 800 mil subscritores. Já o ‘Darkframe’ faz vídeos de experiências com brinquedos e afins, e foi ele em conjunto com o ‘SirKazzio’, o youtuber da casa com mais seguidores, mais de 4 milhões, a ter a ideia de se mudarem para uma casa.

Ali são todos rapazes porque acreditam que o ambiente não é próprio para meninas. Basicamente, fazem o que mais gostam em conjunto. Partilham a casa, discutem ideias, divertem-se e ainda trabalham nos seus conteúdos. Não têm horários fixos e nas pausas do trabalho aproveitam a piscina e o jardim. Esperam que a aventura dure um ano. Até agora a experiência está a correr bem e entre outras ideias para o futuro, está a hipótese "da casa vir a ser uma espécie de academia de youtubers".



pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Domingo

Domingo

Pedrogão em Lisboa

Pedrogão em Lisboa

Quarenta alunos do 1º ciclo do concelho passaram uma semana na Escola Ciência Viva.

Escolhas

O inferno somos nós

O inferno somos nós

Woody Allen regressa com um filme na Coney Island dos anos 50 para abordar alguns dos seus temas favoritos

Domingo

“Não tenho uma guerra civil dentro de mim”

“Não tenho uma guerra civil dentro de mim”

António Manuel Ribeiro viu a sua vida virada do avesso quando Cristina, uma desconhecida, passou a segui-lo por todo o lado. O caso de ‘stalking’ durou décadas e foi o primeiro a ser julgado e condenado em Portugal. O cantor conta-o agora em livro.

pub