Sub-categorias

Notícia

A invasão dos javalis

Extinta há décadas, a espécie voltou em força à Arrábida. Deixam um rasto de prejuízos e de sustos.
28.07.13
  • partilhe
  • 0
  • 7
A invasão dos javalis
Os animais já foram vistos dentro da zona urbana de Azeitão Foto Bruno Colaço

Andassem os javalis pelas encostas desabitadas da serra da Arrábida e talvez mais pessoas partilhassem a opinião de Eduardo Deitado, 69 anos, residente na Aldeia Grande. "Os javalis têm aparecido na quinta onde eu trabalho. Procuram a água do sistema de rega e não têm feito grandes estragos. São animais selvagens, temos de viver com eles."

O problema é quando os bichos se chegam aos homens, insensíveis aos perigos de estradas municipais e nacionais, para se banquetearem das bolotas que brotam da meia dúzia de sobreiros de um parque urbano.

Foi o que aconteceu em Vila Nogueira de Azeitão há duas semanas. "Vieram duas noites seguidas, escavaram à volta das árvores e destruíram o relvado em redor das árvores. Há casas ali a poucos metros. Já entram dentro da povoação, estamos perante uma praga de javalis." Celestina Neves, presidente da Junta de Freguesia de São Lourenço – a maior das que ficam na zona do Parque Natural da Arrábida – conta que "desde há dois anos que o problema se tem vindo a agravar". "Tenho recebido queixas de danos em propriedades e os animais estão a pôr em risco a flora única da serra." Há meses, o encontro imediato entre um carro e um javali em plena Estrada Nacional 10 – no troço entre Azeitão e Setúbal – teve um desfecho pouco simpático: muita chapa amolgada, um animal ferido e uma condutora em estado de choque. Cresce a preocupação de que acidentes como este se repitam, com consequências mais graves.

Qual é o seu nível de satisfação ao ler esta notícia?
  • Muito insatisfeito
  • Muito satisfeito
Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!
7 Comentários
  • De Bruno28.07.13
    Façam um estudo para quantificar ou pelo menos ter uma estimativa da população de javalis na Arrábida, façam os cálculos e os modelos para estimar quantos são precisos para ter uma população estável e autorizem a caça.
    Responder
     
     5
    !
  • De Jose28.07.13
    ANTES DE HAVER LÁ HOMENS, JÁ OS JAVALIS LÁ ANDAVAM HÁ MILHARES DE ANOS. O HOMEM É QUE TEM DE SE ADAPTAR.
    Responder
     
     10
    !
  • De caparica28.07.13
    Se as entidades não passam licença para o abate dos javalis, abata-se os responsos
    Responder
     
     1
    !
  • De ze28.07.13
    É bom que as pessos tenham consciência que são animais selvagens e muito perigosos, sobretudo se tiverem filhotes por perto. Não foi nessa zona, mas eu já tive uma experiência complicada com bichinhos desses.
    Responder
     
     3
    !
  • De cao sém dono28.07.13
    Mas isto ainda nao é nada. comparando com a invazao de menistros que vivem há nossa custa e nos burlam todos os dias há que comecar a caca aus menistros o quanto antes.!
    Responder
     
     10
    !

Subscrever newsletter

newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)

Mais notícias

Mais notícias de Domingo

Domingo

A cidade dos padrinhos

A cidade dos padrinhos

A autarquia deu emprego à filha do mafioso que queria matar o ministro do Interior.

Domingo

Diz-me de que ano és...

... e eu digo-te a que geração pertences. Houve os x, y e z, mas agora são os ‘nem-nem’ que dão que falar.

Escolhas

O microondas

O microondas

AS TRÊS REVOLUÇÕES A QUE ASSISTI SOBRE A FORMA COMO AS FAMÍLIAS SE REÚNEM À MESA, A MAIS TRANSFORMADORA FOI A DESTE PEQUENO ELECTRODOMÉSTICO

pub