Sub-categorias

Notícia

Futuro até às duas da manhã

Noite Europeia dos Investigadores volta a juntar cientistas e curiosos. Há muito para descobrir a 29 de setembro
Por João Ferreira e Marta Ribeiro da Silva|27.08.17
Futuro até às duas da manhã

Este ano a Noite Europeia dos Investigadores é dedicada ao ‘Foresight’, a capacidade de antever e planear o futuro. Cenários futuristas vão transportar os visitantes para um tempo em que a investigação feita hoje se reflete em inovações positivas que resolveram grandes desafios da Humanidade. Vai ser uma oportunidade única de conhecer e ficar à conversa com investigadores e descobrir de que forma poderão a ciência e a tecnologia mudar as nossas vidas nos próximos anos.

Esta grande iniciativa à escala europeia está marcada para 29 de setembro. A entrada será gratuita e a grande concentração de projetos e investigadores ocorre no Pavilhão do Conhecimento, em Lisboa, entre as 18h00 e as 02h00. "No mesmo dia e à mesma hora, dezenas de instituições científicas, museus e Centros Ciência Viva em todo o País promovem uma noite de convívio informal entre cientistas e público de todas as idades" diz Ana Noronha, diretora-
-executiva da Ciência Viva.

Média de dez mil pessoas

É o quinto ano que a Ciência Viva coordena a Noite Europeia dos Investigadores, nesta edição em consórcio com o Instituto de Biologia Molecular e Celular, o Instituto de Tecnologia Química e Biológica e a Universidade de Coimbra, com o apoio da Rede Nacional de Centros Ciência Viva. Em média, dez mil pessoas participam todos os anos nesta iniciativa que leva a ciência para as ruas, museus e centros de ciência com o objetivo de sensibilizar o público para a importância da inovação científica e tecnológica. Esta iniciativa é celebrada, à escala europeia, em mais de 300 cidades em simultâneo.

SOCIEDADE BITT

Ciência ao luar
Por Reginaldo Rodrigues de Almeida

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Domingo

Escolhas

Dois utópicos conversadores

Dois utópicos conversadores

Uma nova editora apresenta um diálogo avassalador e divertido entre dois nomes grandes da cultura nacional.

Domingo

Um GPS de cientistas

Um GPS de cientistas

O projeto da FFMS referencia e liga há um ano 3500 portugueses que fazem ciência em 19 países.

Domingo

“Os casais falam pouco de sexo  e de dinheiro”

“Os casais falam pouco de sexo e de dinheiro”

Esteve na fundação da Sociedade Portuguesa de Terapia Familiar numa altura em que não se ouvia falar de tal coisa em Portugal. As queixas dos casais não mudaram muito. Só já não se precisa de detetive para se descobrir uma infidelidade

Domingo

Tablets pesam menos

Tablets pesam menos

É um argumento a favor da tecnologia. Em Portugal, alguns colégios privados já substituíram os livros.

Domingo

A Privatização dos CTT

A Privatização dos CTT

Compreendo que muito se alterou desde D. Manuel II, mas quando se muda é de esperar que seja para melhor.

pub