Os bons velhos tempos da Feira Popular

Em Entrecampos, havia tasquinhas e muita diversão para miúdos e graúdos.
Por José Carlos Marques|04.11.16
Por estes dias, volta-se a falar do projeto da nova Feira Popular de Lisboa, prevista para os lados de Carnide. Fernando Medina, presidente da Câmara, até foi ao terreno fazer de operador de caterpíllar, a ver se ajuda a dar um empurrão à obra pela qual os lisboetas esperam há mais de uma década.

Fala-se de "aprovação de planos" para 2017, mas ninguém ainda sabe dizer ao certo quando abre o novo parque de diversões, que terá 20 hectares e uma ampla zona verde.

Para muitos, a Feira Popular é uma memória de tempos felizes. Pelo recinto de Entrecampos, hoje votado ao abandono por causa de decisões políticas e judiciais que tardam em resolver-se, passaram gerações de filhos, pais e netos. Iam aos carrosséis, admiravam as motas do 'Poço da Morte', provavam o cozido e as febras das muitas tasquinhas ali existentes.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!