Edgar Ray Killen (1925-2018)

Assassinou três em nome do Ku Klux Klan.
14.01.18
Edgar Ray Killen (1925-2018)
Edgar Ray Killen tinha 92 anos Foto Direitos Reservados
O homicídio de três jovens ativistas dos direitos cívicos (o negro James Chaney e os judeus Andrew Goodman e Michael Sch-werner) no verão de 1964, que deu origem ao filme ‘Mississípi em Chamas’, só levou o pregador Edgar Ray Killen à cadeia quatro décadas após os crimes em que participou enquanto membro da organização racista Ku Klux Klan. Condenado a 60 anos de prisão, morreu na sexta-feira, de ataque cardíaco.

pub

pub